Projeto DUORUM: respeito ao meio ambiente

foto_10
Projeto DUORUM é premiado pela gestão que prioriza o respeito ao meio ambiente

O projeto DUORUM Vinhos S.A. recebeu recentemente o prestigiado prêmio Anders Wall, atribuído ao melhor projeto europeu de gestão da biodiversidade e paisagem em espaço rural e que leva em consideração a preservação da paisagem, a promoção da biodiversidade e a preocupação com a comunidade rural. Há 13 anos esse prêmio é promovido por diversas entidades reconhecidas mundialmente.

Entre as medidas ambientais que tornaram essa premiação possível estão: proteção de escarpa (declive do terreno) utilizada por aves; manutenção de habitats tradicionais, incluindo olivais, e criação de locais de alimentação da fauna; conservação da vegetação natural nas vinhas e em outras áreas que não sofreram intervenção; utilização de espécies nativas para valorização da paisagem das propriedades; e uso da matéria-prima da região (xisto) em novas edificações, além da recuperação dos muros de pedra.

O projeto DUORUM surgiu em 2007 a partir da vontade de dois reconhecidos enólogos, João Portugal Ramos e José Maria Soares Franco, de desenvolver uma parceria vinícola exclusivamente dedicada ao Douro, que se materializa em reconhecidas marcas como Tons de DUORUM, DUORUM Colheita, DUORUM Reserva, DUORUM O. LEUCURA e DUORUM Porto Vintage. Desde o início seguiu-se a filosofia de respeito à paisagem ancestral da Região Demarcada do Douro, considerada Patrimônio Mundial.

Aqui algumas imagens:

foto_2

 

foto_1

 

foto_3

foto_6

 

foto_5

 

foto_4

 

foto_8

 

foto_9

 

Tags: , , , ,

90 pontos na Wine Spectator

Santa_Carolina_Carmenere
Santa Carolina Reserva de Família Carmenère 2011: 90 pontos na Wine Spectator

A prestigiada revista norte-americana Wine Spectator destacou, na edição de maio, 8 vinhos feitos com a uva Carmenère que expressam as melhores característica dessa cepa em solo chileno. O Santa Carolina Reserva de Família Carmenère 2011 recebeu 90 pontos na avaliação, destacando-se com a maior nota entre os degustados. Kim Marcus, o redator do artigo, escreveu: “A estrutura e o caráter envolvente se sobressaem nesse vinho. Em boca, apresenta imponentes notas de ameixas, framboesa seca e chocolate amargo, que ajudam a contrastar seus profundos taninos. Possui intenso final marcado por notas de café. Ideal para degustar entre 2017 e 2020”.

Sobre o vinho

O Vale do Rapel é a área do Chile onde se produz a maior variedade de vinhos finos com estrutura, tipicidade, concentração de frutas e complexidade. Esse vinho envelhece por 15 meses em barricas e mais 6 meses em garrafa antes de ser comercializado. Possui aromas minerais, toques de ervas, especiarias, amoras e ameixas. Em boca, é macio e concentrado, com taninos suaves e maduros. Ideal para acompanhar carnes vermelhas como cordeiro, comidas apimentadas e a culinária mexicana.

Tags: , , , ,

Brunello di Montalcino Gualto D.O.C.G. Riserva 2006

Gualto_bx
Brunello di Montalcino: ícone da Toscana.

 

O vinho Brunello di Montalcino é um ícone da Toscana, na Itália, pela potência aliada à elegância e também pelo grande capacidade de guarda de seus exemplares. O produtor Camigliano é um dos tradicionais da região e produz vinhos premiados pelos mais importantes críticos mundiais. O Brunello di Montalcino Gualto D.O.C.G. Riserva 2006, por exemplo, ganhou 94 pontos da publicação Wine Spectator e 91 pontos de Robert Parker. O ano de 2006 é considerado excelente na região e o vinho tem potencial de guarda previsto para até 2030.

vinhedo_1
Vinhedo da Cantina Camigliano.

 

Entre as características de degustação, possui cor vermelho rubi com aromas de frutas vermelhas, mentol e chocolate. O paladar é seco, encorpado, com alta acidez, taninos finos e muito bem estruturados, final longo e complexo. Vinho de muita elegância, apresenta evolução aromática típica dos rótulos de grande classe. Amadureceu por 36 meses em botti (como são chamadas as grandes barricas de carvalho) e descansou por dois anos em garrafa antes de ser comercializado – por isso é chamado gualto ou riserva, pois os brunellos geralmente passam 24 meses em barrica e esse fica um ano a mais. Ideal para acompanhar carnes assadas e queijos maturados.

 

Tags: , , , , , , ,