Tomates

O tomate hoje em dia é fundamental, mas a fruta já foi jogada literalmente na fogueira. Isso porque muito antigamente, quando ainda se acreditava em certas feitiçarias, achavam que ele era venenoso por se assemelhar à mandrágora, planta na época apelidada como “maçã do diabo” por provocar supostos efeitos afrodisíacos.

Lendas à parte, o tomate é uma fruta e é parente da berinjela, das pimentas, dos pimentões e também, acredite, das batatas. Existem algumas teorias sobre suas origens, mas é fato que ele começou a ser cultivado nas Américas do Sul e Central. Uns dizem que os primeiros a gostar de tomates foram os incas do Peru; outros já acham que quem colocava o tomate na salada eram os mexicanos. O fato é que ele já era consumido bem antes de Colombo chegar por aqui.

tomates_bx

Foi enviado à Europa, lá pelo século XVI, e os primeiros registros em receitas que se têm notícias são da espanhola Sevilha. Quando chegou à Itália, começou a ser chamado de pomo d’oro, pois as primeiras espécies exportadas pareciam maçãs douradas. Os italianos se apaixonaram tanto pela maravilhosa combinação de suculência, doçura e acidez que o tomate até hoje é a cara da Itália.

Aqui no novo site da Porto a Porto você também encontra o portfólio de produtos da Paganini Gastronomia disponível no Brasil.

Tags: , , , , , ,

Lançamento: Specialties Cool Mountain Field Blend

Como parte das comemorações dos 140 anos da Vinícola Santa Carolina, a marca chilena lança no Brasil o vinho tinto Specialties Cool Mountain Field Blend 2013, elaborado no Vale de Curicó com as uvas Malbec, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Carignan. O blend estagiou durante 12 meses em barris de carvalho e apresenta ótima acidez, frescor e fruta, harmonizando com pratos de sabor acentuado. Os vinhos da Santa Carolina são trazidos ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora.

140 anos vinhos Santa Carolina-166
Foto Carlos Poly.

“Já há algum tempo a Santa Carolina tem explorado as diferenças de terroir de leste a oeste do Chile e resgatado regiões extremamente interessantes para a produção de vinhos no país, como o Vale de Curicó. Ele está ao pé da Cordilheira dos Andes, onde o clima é mais frio e os vinhos elaborados são mais elegantes, com taninos macios e uma fruta delicada”, explica Flávio Bin, consultor de vinhos da Porto a Porto. “Outra curiosidade é que as uvas crescem mescladas em um mesmo vinhedo, de 60 anos em média, e são colhidas todas juntas, o que aporta a esse vinho uma tipicidade única”, completa.

Specialties Field Blend Cool Mountain
Lançamento no Brasil.

Linha Specialties

A linha Specialties nasceu para resgatar a herança e história de vales e vinhedos que relembram o início de vinificação no Chile. Além do Field Blend, os outros rótulos da linha são: Specialties Sauvignon Blanc Ocean Side, Specialties Malbec West Andes, Specialties Carignan Dry Farming, Specialties Chardonnay Hidden Creek, Specialties Syrah Coastal Hills e Specialties Mourvèdre Wild Spirit.

140 anos

A Santa Carolina está envolvida em inúmeros projetos em comemoração aos seus 140 anos que incluem o lançamento de produtos, avanços na vinificação, a valorização do vinho natural, sem a utilização de produtos químicos na produção, e o resgate de variedades antigas pré-filoxera. Recentemente, durante a feira Vinexpo, que aconteceu em Bordeaux (FR), foi lançado mundialmente o Luis Pereira, uma homenagem ao fundador da marca. Além dos lançamentos, esse ano também marca a reabertura da sede Santa Carolina ao turismo, restrito desde 2010 em razão do forte terremoto que abalou o Chile naquele ano.

Tags: , , , , , , , ,

Sabores da Itália

A Basilicata é uma região do sul da Itália, entre a Puglia, a Campanha e a Calábria. Possui apenas uma DOC, a Aglianico del Vulture. Lá os vinhedos estão a 600 metros acima do nível do mar, em média, e dão origem a vinhos estruturados elaborados com a uva Aglianico. Dessa região, sugerimos dois rótulos italianos muito interessantes. Confira esses Sabores da Itália!

 

Pipoli_rose_bx

Pipoli Rosato IGP 2013

Vinho rosé de boa estrutura, com aromas frescos e uma sensação de doçura no final de boca, apesar de ser seco, que agrada o paladar brasileiro. Elaborado por Vigneti del Vulture, na Basilicata, a partir da uva Aglianico. Acompanha carnes brancas, queijos frescos e peixes. A graduação alcoólica é de 12,5%.

Pipoli_tinto_bx

Pipoli Aglianico del Vulture DOC tinto 2013

Vinho tinto que possui aromas frutados com notas balsâmicas, ótima estrutura e taninos macios e adocicados. É envelhecido em barris, por um período de 10 meses, e posteriormente em garrafas por 3 meses. Elaborado na Basilicata, pelo produtor Vigneti del Vulture, a partir de uvas Aglianico. A graduação alcoólica é de 13%.

Tags: , , , , , , , , ,

Vinhos rosés para um Outubro Rosa

Outubro é o mês em que acontece uma das mais importantes campanhas de conscientização sobre a importância da prevenção do câncer de mama. A Porto a Porto abraça essa causa e apresenta quatro sugestões de vinhos rosé em homenagem ao Outubro Rosa.  França, Portugal, Chile e Argentina foram os países escolhidos para demonstrar a versatilidade desse estilo de vinho, seja para ser servido sozinho ou para acompanhar alguns pratos.

Espumante 3B Filipa Pato_hr

De Portugal a sugestão é o espumante 3B, elaborado pela enóloga Filipa Pato com as uvas Baga e Bical na região da Bairrada. Elegante e delicado, ele apresenta cor salmão brilhante com borbulhas numerosas e intensas. Seus aromas lembram framboesa e fermento de pão. Em boca é seco, frutado e possui acidez mineral. Um vinho espumante perfeito para acompanhar queijos de pasta dura, salmão e frutos do mar.

Le Rose de Floridene_hr

Da França o selecionado é o Le Rosé de Floridene, elaborado pelo reconhecido produtor Denis Dubourdieu na região de Bordeaux. Feito com a uva Cabernet Sauvignon, apresenta coloração rosa claro e intenso aroma de groselha, maracujá e morango. No paladar é seco, saboroso e refrescante. Vinho excelente para aperitivo ou ainda para acompanhar peixes grelhados.

Cefiro Syrah Rose_hr

Do Chile o destaque é o Cefiro Reserva Syrah Rosé, elaborado pelo produtor Viña Casablanca no melhor terroir de clima frio do Chile, a 20 quilômetros do Oceano Pacífico. De cor rosa intenso, apresenta aromas delicados. No paladar é leve, frutado, fresco e muito bem equilibrado. Acompanha perfeitamente sushi, sashimi e tartare de salmão, além de ser indicado para acompanhar cheese cake de framboesa.

Nieto Senetiner Rosé_hr

Da Argentina vem esse rótulo com a uva emblemática do país, o Nieto Malbec Rosé, elaborado pelo produtor Nieto Senetiner na região de Mendonza. Vinho de cor rosada, com aromas intensos de frutas vermelhas, como cereja, apresenta pronunciada acidez, o que confere juventude e expressão no paladar. Diferentes das outras sugestões, cerca de 30% desse exemplar amadurece em carvalho francês para intensificar os aromas da Malbec antes do engarrafamento. Vinho ótimo para acompanhar risotos leves, como os de funghi ou aspargo.

Os quatro vinhos são trazidos ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora e podem ser encontrados nas melhores lojas e delicatessen do Brasil.

Tags: , , , , , , ,