O inverno está chegando: confira dicas de vinhos ideais para dias frios

Sete vinhos tintos para acompanhar baixas temperaturas.

Inverno combina com muitas coisas, como cachecol e toca de lã, pinhão na chapa do fogão à lenha, polenta cremosa, cobertor e filminho e, é claro, vinho. O consumo da bebida aumenta consideravelmente quando as temperaturas ficam mais baixas, os dias mais cinzas e as comidas mais substanciosas. Oficialmente, a estação só inicia dia 21 de junho, mas na prática já temos excelentes motivos para nos deliciarmos com uma taça de vinho tinto.

Para brindar, selecionamos 7 rótulos de diferentes características e nacionalidades. Todos podem ser degustados sem acompanhamento, mas também vão muito bem à mesa. Os vinhos são trazidos ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora.

“O inverno é a estação do ano na qual mais se consome vinho tinto, faz parte da nossa cultura, principalmente em cidades nas quais a temperatura diminui consideravelmente. Selecionamos sugestões que têm excelente custo e benefício, fáceis de encontrar nos mercados e lojas especializadas, que irão agradar diversos tipos de paladares e ainda proporcionar momentos muito agradáveis.”

Flávio Bin, gerente de desenvolvimento de vinhos da Porto a Porto

Itália

Ceppaiano Alle Viole

Este italiano da Toscana elaborado com as uvas Sangiovese, Cabernet Sauvignon e Merlot, amadurece durante 6 meses em barrica de carvalho. É um vinho equilibrado e macio, ideal para acompanhar carnes grelhadas e queijos maturados.

Ceppaiano Violetta

Este italiano encorpado é produzido com 90% de Sangiovese e 10% de Cabernet Sauvignon e estagiou durante 24 meses em barricas de carvalho francês. Vinho de grande complexidade de aromas e sabores, é excelente para acompanhar massas com molhos e carnes suculentas.

Portugal

Quinta do Penedo Tinto

Vinho tinto muito elegante e equilibrado elaborado com 70% de Touriga Nacional e 30% de Alfrocheiro, na região do Dão, em Portugal. Apresenta aromas minerais, é bastante frutado e com final persistente. Estagia por 12 meses em barrica de carvalho. Pode ser degustado sem acompanhamento, mas também fica excelente risotos de funghi e pratos à base de carnes.

Justino’s Madeira 3 anos

Vinho doce fortificado elaborado na belíssima Ilha da Madeira, em Portugal, o Justino’s Madeira 3 Anos pode ser apreciado sem acompanhamento, como “vinho da meditação”, mas também combina com sobremesas à base de café ou chocolate.

Espanha

Marqués de Tomares Crianza

Produzido em Rioja, a principal denominação de origem da Espanha, este tinto da uva Tempranillo (90%) amadureceu 12 meses em barrica de carvalho americano e francês e estagiou 12 meses em garrafa antes da comercialização. Perfeito para harmonizar com embutidos e carnes vermelhas.

Argentina

Nieto Senetiner Malbec DOC

Vinho de muita personalidade, este tinto argentino possui aroma de frutas maduras que lembram ameixa e figo, com notas de baunilha e tabaco. Em boca é encorpado, com final longo e elegante. Amadureceu em barricas de carvalho francês por 12 meses e mais 12 meses em adega antes de ser comercializado. Excelente para churrascos.

Chile

Santa Carolina Reserva de Familia Cabernet Sauvignon

Este é um dos ícones da vinícola chilena Santa Carolina, premiado pelos principais críticos de vinhos do mundo (a safra 2016, disponível no Brasil, ganhou 90+ no Robert Parker). Destaque para os aromas de frutas escuras maduras, como cerejas, e chocolate amargo. Em boca é encorpado, com taninos aveludados e final equilibrado, resultado do amadurecimento de 14 meses em barris de carvalho francês.

Tags: , , , ,